Pelo exposto, requere-se despacho de pronuncia devidamente fundamentado em matéria de facto e de direito, quanto ao pedido de protecção policial, ou em contrário, verme-ei obrigado a refugiar em uma embaixada e pedir asilo politico.

Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012
INFORMAÇÕES SOBRE O PEDIDO DE PROTECÇÃO POLICIAL !
  - DEPARTAMENTO DE INVESTIGAÇÃO E ACÇÃO PENAL DE LISBOA -
Data: 2012-11-30
6ª seccção do DIAP de Lisboa


NUIPC - 7675/12.6TDLSB-0604
Acusa-se a recepção da V/comunicação conforme documentos:

Decerto por informações descabidas e desprovidas de verdade, veio o DIAP de Lisboa,
afirmar no seu despacho: que por diversas vezes, tentaram obter a comparência do ofendido afim do mesmo prestar declarações, sobre os factos que constam da queixa, no entanto o mesmo apesar de notificado não compareceu nas instalações da PSP afim de ser inquirido.
Rematam dizendo: que não se conseguindo obter a comparência do ofendido, não se vislumbram neste momento qualquer outras diligências a efectuar.

É PURA MENTIRA: pois nunca o denunciante-requerente, veio a ser notificado - para ser ouvido - em nenhuma esquadra da PSP, sendo que ainda ontem 04-12-2012, contactei a esquadra de Abrantes que é a mais próxima da minha área de residência, tendo sido informado, de que desconhecem a situação.


Da conduta do autor (es) dessas informações, resulta no mínimo a prática do crime de difamação, p.p. no Artº. 180 do CP. 


Pois na verdade o denunciante apenas foi notificado pelo cabo da GNR : Senhor Cabo Jorge Correia e justificou desde logo os motivos-razões porque não entrava no posto da GNR do Tramagal, e propôs-se inclusive a ser ouvido na sua residência, e posteriormente - comunicou os factos às mais diversas entidades, inclusive ao DIAP de Lisboa: http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/3240.html


Salvo o devido respeito e melhor opinião, tudo não passa de mais uma manobra dilatória, que directa ou indirectamente apenas serve os interesses dos visados - sendo que a conduta delituosa desses, tendo-se em conta os estatutos de que dispõem - merece um maior reparo por parte da justiça e das instituições em que erradamente - alguns dos seus intervenientes ainda se encontram a desempenhar funções, como é o caso do procurador HÉLDER RENATO MOREIRA DOS SANTOS CORDEIRO, que se encontra precisamente na 7ª. Secção do DIAP de Lisboa: http://perseguicaoterrorismo.blogs.sapo.pt/2288.html


Contudo, para acabar com as delongas, o denunciante COLOCA-SE UMA VEZ MAIS, AO TOTAL DISPOR, afim de prestar declarações, mas também uma vez mais, repete-se: Os serviços do DIAP de Abrantes e em particular o senhor Coordenador desses mesmos serviços :

TEOTÓNIO FIRMINO PEDROSO DOS REIS,

Sabem e muito bem dos riscos que o requerente corre - OU NÃO TENHAM NA SUA POSSE OS MEIOS DE PROVA QUE JUSTIFICAM AS RAZÕES PARA ATRIBUIÇÃO DE PROTECÇÃO POLICIAL AO DENUNCIANTE.


O despacho só ainda não veio a surgir porque tantos são os meios de prova que impedem o seu arquivamento, dai que surgem este tipo de comportamentos desviantes, que mais do que errados são criminosos da lei e do Direito.


Sempre com o mesmo respeito, o denunciante solicita para que próxima correspondência que lhe venha a ser enviada, deve ser dirigida para a caixa de correio electrónico, não só porque o caso em apreço é de extrema urgência e assim tudo se torna bem mais rápido ( MAIOR CELERIDADE JUDICIAL), como também se torna mais económico e amigo do ambiente - QUE TODOS TEMOS POR DEVER-OBRIGAÇÃO EM PRESERVAR!


PEDE-SE UMA VEZ MAIS - PROTECÇÃO POLICIAL COM CARÁCTER DE URGÊNCIA!


Pede deferimento com carácter de urgência - conforme a situação assim o parece exigir.


Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva


05 de Dezembro do ano de 2012


https://www.facebook.com/pages/TramagaL-Anti-Corruptos/146330968767762

 


----- Fim de mensagem enviada -----


----- Mensagem encaminhada de Raul Caldeira
   Data: Wed, 05 Dec 2012 13:43:54 +0000
     De: Raul Caldeira <raulcaldeira@hotmail.com>
Assunto: INFORMAÇÕES SOBRE O PEDIDO DE PROTEÇÃO POLICIAL !
   Para: DIAP <lisboa.diap.6seccao@tribunais.org.pt>

Cc: "DIAP-Geral <lisboa.diap@tribunais.org.pt>, DIAP <lisboa.diap.7seccao@tribunais.org.pt>

       

                                    MENSAGEM LIDA EM :


 

Lido: INFORMAÇÕES SOBRE O PEDIDO DE PROTEÇÃO POLICIAL !‏
DIAP Lisboa Central
Para raulcaldeira@hotmail.com
De: DIAP Lisboa Central (lisboa.diap@tribunais.org.pt)
Enviada: quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012 13:55:54
Para: raulcaldeira@hotmail.com (raulcaldeira@hotmail.com)
foi lida em quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012 13:55:52 (UTC




publicado por CORRUPTOS às 21:21
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 11 de Julho de 2012
QUEIXA : ROUBADO POR VIOLAÇÃO DO Art.º 29 CRP
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
MA-FÉ DE UM JUIZ ARRASTOU O COLECTIVO - FALTA DE INPARÇIALIDADE
 

---- Mensagem encaminhada de Raul Caldeira <raulcaldeira@hotmail.com> -----

Data: Thu, 19 Jul 2012 01:49:45 +0100
De: Raul Caldeira <raulcaldeira@hotmail.com>
Assunto: Drº. Mario Pedro Claro É MAIS UM QUE NÃO VAI CONTRA AOS PODEROSOS, PORQUÊ? E COM QUE DIREITO??
Para: Abrantes OA <abrantes@del.oa.pt>
Cc: "cons.superior" <cons.superior@cg.oa.pt>, ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>


Processo: 834/10.8TAABT
Assunto: Antena parabólica
Na sequência do pedido de escusa, que o advogado Mário Pedro Claro, pretende vir apresentar, tal como eu já o previa, tanto que me manifestei logo nesse sentido, acerca da atitude vinda dessa ordem dos advogados.

Pelo ocorrido, para evitar sucessivas nomeações, e respectivos pedidos de escusa, que mais não visão, do que protelar a uma situação indefinida, nesse sentido, solicita-se, para que a nomeação do próximo advogado, seja efectuada, como se sugeriu, no requerimento acerca do recurso de revisão de sentença, ou seja, fica-se aguardar: pela nomeação do próximo, que para que se acabe com as delongas, resultantes dos pedidos de escusa, apresentados por conveniência, sempre no terminantes dos prazos, nesse sentido, apela-se à sensibilidade humana no profundo respeito pelos direitos fundamentais da pessoa humana, para que o órgão responsável pela nomeação do próximo defensor, antes de proceder à sua nomeação, reúna com os advogados, haver se algum se disponibiliza se candidata, para defender a causa, honrar a classe que representa, e assim finalmente, um cidadão honrado e integro, possa ver os seus legítimos interesses acautelados.

 

O beneficiário do apoio judiciário, não verifica solução à vista, dai essa sugestão, que se afigura justa, correta, a mais viável, para acabar, com a força da tirania, não vamos andar toda a vida nesta pouca vergonha, inaceitável no mundo civilizado, que o Estado de direito não pode nem deve, permitir, esses procedimentos dos tempos da inquisição, o 25 de Abril que trouxe a liberdade ao povo, já foi à 40 anos!

 

Pede Deferimento,

 

Raul Caldeira

 

Uma vergonha, VEJAM: http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/745.html
https://www.facebook.com/pages/TramagaL/146330968767762

 

 

                            -Aos cuidados do MP. Junto do Tribunal Judicial de Abrantes-

 

Processo 142/96 Secção 1ª
1º Juízo
V/ Ref.01486 de 96-10-22


A Fls. 4 diz o Juiz:
A convicção do Tribunal fundou-se na confissão integral e sem reservas do arguido e demais declarações que prestou em julgamento, conjugadas com o teor dos documentos junto aos autos.

 

 

 


Posteriormente no processo 82/96 desse mesmo tribunal, o coletivo de juízes de que fazia parte o mesmo Juiz do processo acima indicado, deu como provado, que a antena foi adquirida com dinheiro proveniente de tráfico de droga, e declarou a mesma perdida a favor do Estado:
Acontece que a antena veio a ser paga:

 

 

 

 

 

meses depois desse processo 82/96, mais concretamente a 23 de Janeiro do ano de 1997, através de guias emitidas por esse mesmo tribunal, como pode o coletivo de juízes e em particular o juiz que presidiu ao primeiro processo 142/96, terem dado como provado, que a antena foi adquirida com dinheiro proveniente de tráfico de droga, quando nem sequer estava paga, mas que porcaria de justiça é esta, num país em que os políticos tanto enchem a boca, a invocar o Estado de Direito.


Para melhor entendimento acerca das violações dos mais elementares princípios do Estado de Direito, para ver o Estado a que chegámos: repare-se que a antena foi adquirida, em 1992,  3 anos antes do processo 82/96 que é de 1995, embora ambos os processos 142/96 e  82/96 tivessem ocorrido com escassos meses de diferença entre si, nesse mesmo tribunal e com a intervenção do supracitado juiz, nesses dois processos.


QUALIDADE, CERTEZA E RESPONSABILIDADE DAS SUAS DECISÕES

CORREIO DA MANHÃ 10-03-2006
Cavaco Silva enfatizou que o reforço da credibilidade e eficiência do sistema de justiça é um dos cinco desafios para o progresso de Portugal, considerando fundamental que o sistema de justiça se caracterize pela qualidade, certeza e responsabilidade das suas decisões. 
 Art.º 29 da Constituição da Republica Portuguesa,
5. Ninguém pode ser julgado mais do que uma vez pela prática do mesmo crime.
6. Os cidadãos injustamente condenados têm direito, nas condições que a lei prescrever, à revisão da sentença e à indemnização pelos danos sofridos.

Chegados aqui cabe ainda em questionar, com que direito, o que conduziu os serviços do MP. A instaurar um (3º) terceiro processo 649/05.5 TAABT:

que acabou arquivado, mas ainda assim, vieram roubar a antena, contratando para consumar o ilícito criminal, a firma: Manut. Mor, Unipessoal Lda. com MORADA Estrada Nacional 118 - S/Nº. – Tramagal CÓDIGO POSTAL: 2205-647 Tramagal, vindo essa a retirar a antena do local, que levou para as instalações da empresa, onde veio a cortar a antena em pedaços, e depois foi entregar ao sucateiro, sendo tudo fotografado por ordem do Tribunal de Abrantes, com que direito?

 

 

 

 

Conforme se extrai do despacho referente a esse processo 649, é notória a fragilidade-descontrolo do magistrado em causa, quando questiona o ofendido, acerca de quais são as duas condenações, a resposta encontra-se na fls 2,

 

mesmo assim roubaram a antena, por vingança, mas vão ter de responder por isso, pagar, ninguém esta acima da lei!

 

Vejam esses corruptos: http://antenadodiabo.blogs.sapo.pt/427.html    

Sem mais delongas, exige-se que todos os prejuízos venham a ser pagos de imediato, bem como um pedido de desculpas publicas!
Contudo, como já se referiu em anterior correspondência, o processo encontra-se agora aos cuidados do Senhor Doutor Mário Pedro Claro, com escritório na Praça Barão batalha 51, 1º -E Abrantes, 2200-365 Abrantes.


Atenciosamente,
Raul Caldeira


Obs. O Juiz que condenou por duas vezes sobre os mesmos factos, é o mesmo corrupto, que impediu a descoberta da verdade no processo 82/96, protegendo assim o Comandante Territorial da GNR à altura dos factos, hoje Tenente-Coronel Joaquim José Caetano Nunes, e o procurador Hélder Renato Moreira dos Santos Cordeiro e outros, verifique-se no blog, quem são essas pessoas, esses vermes-corruptos com as práticas do passado monstro, o que fizeram,  vejam o estado a que chegámos:
http://evadidodacadeia.blogs.sapo.pt/arquivo/1000290.html

 

http://evadidodacadeia.blogs.sapo.pt/arquivo/1000303.html

 

http://evadidodacadeia.blogs.sapo.pt/arquivo/1000305.html
QUINTA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2006
DOC Nº. 57, 57-A e 57 B- PROC. Nº. 772/97 - LE P.G.R. IMPEDE A DENEGAÇÃO DO RECURSO DE REVISÃO DE SENTENÇA
Toda a documentação ai citada pode ser consultada no Tribunal de Abrantes, por se encontrar já fora do segredo de justiça.
DISSE:
Raul Caldeira

                                 

                                    http://antenadodiabo.blogs.sapo.pt/427.html

 

 

 

 

 

FORAM  ENVIADOS  150 E-MAILS, A DENUCIAR A CORRUPÇÃO NO TRIBUNAL DE ABRANTES.

Assunto: QUEIXA : ROUBADO POR VIOLAÇÃO DO Art.º 29 CRP.
De: Raul Caldeira <raulcaldeira@hotmail.com>
Data: Hoje quarta-feira, 11 de Julho de 2012, 12:41:45 WEST  
Para: tribunal abrantes <abrantes.tc@tribunais.org.pt>
Cc: mp.abrantes.tc <mp.abrantes.tc@tribunais.org.pt>, constitucional <tribunal@tribconstitucional.pt>
Bcc: [Esconder Endereços] 1ºCACDLG1 <GABPAR.Correio@ar.parlamento.pt>, 1º ministro <gabinete.sepcm@pcm.gov.pt>, 1º ministro1 <seamaap@maap.gov.pt>, Abrantes OA <abrantes@del.oa.pt>, acid <informacoes@cnai.acidi.gov.pt>, Acite igualdade <geral@cite.gov.pt>, Adm publica <gabinete.seap@mf.gov.pt>, Adm.publica <geral@dgap.gov.pt>, Adm. segurança <gcs@sg.mai.gov.pt>, Antcorrupção <movimentoanticorrupcao@gmail.com>, Apoio advogados <acessoaodireito@cg.oa.pt>, Assembleia republica <correio.geral@ar.parlamento.pt>, bloco.esquerda <bloco.esquerda@be.parlamento.pt>, calmeida <calmeida@lusa.pt>, apoio <apoio@mj.gov.pt>, Apoio <Apoio@pgr.pt>, cbernardo <cbernardo@lusa.pt>, CDS <informacaogpcdspp@pp.parlamento.pt>, Combate a corrupção <info@inteli.pt>, Concelho Refugiado <geral@cpr.pt>, Conferencias direito <conferencias@inter-mediacao.org>, conselho relaçao publica ministro <relacoes.publicas@sg.pcm.gov.pt>, conselhos de ministros <sec-geral@pcm.gov.pt>, cons.superior <cons.superior@cg.oa.pt>, coordenador.a3 <coordenador.a3@provedor-jus.pt>, Desenvolvimento Social <ISS-DDS@seg-social.pt>, DGAI interna <gabdgai@dgai.mai.gov.pt>, DGAJ1 <RelPublicas.DGAJ@dgaj.mj.pt>, DGAL <correio@dgaj.mj.pt>, DGSSS <DGSSS@seg-social.pt>, DH pgr <ana@gddc.pt>, dinformacao <dinformacao@lusa.pt>, Direção relações doc publica <dda@sg.mai.gov.pt>, direito humanos <direitoshumanos@gddc.pt>, direito humanos0 <mail@gddc.pt>, direito humanos1 <apoio@gddc.pt>, Direitos humanos <DireitosHumanos@pgr.pt>, Dividansegs <IGFSS-Divida@Seg-Social.pt>, Embaixada Brasil <geral@embaixadadobrasil.pt>, Embaixada Alemanha <info@lissabon.diplo.de>, Embaixada Angola <emb.angola@mail.telepac.pt>, Embaixada Austrália <austemb.lisbon@dfat.gov.au>, Embaixada Áustria <lissabon-ob@bmaa.gv.at>, Embaixada Bélgica <lisbon@diplobel.fed.be>, Embaixada Cabo verde <info@embcv.pt>, Embaixada Espanha <emb.Lisboa@maec.es>, Embaixada Espanha2 <embesppt@correo.mae.es>, Embaixada França <ambafrance@hotmail.com>, Embaixada Holanda <nlgovlis@netcabo.pt>, Embaixada Inglaterra <Consular.Lisbon@fco.gov.uk>, Embaixada Italia <amblisb@embital.pt>, Embaixada Rússia <mnp71fn@mail.telepac.pt>, Embaixada Suécia <emb.suecia.lis@mail.telepac>, Embaixada Suiça <Vertretung@lis.rep.admin.ch>, especção geral justiça <correioigsj@igsj.mj.pt>, esquerda net <esquerda@esquerda.net>, foto <foto@lusa.pt>, fpeixeiro <fpeixeiro@lusa.pt>, froque <froque@lusa.pt>, gabinete cidadao <gabinete.cidadao@cg.oa.pt>, gabinete.ministro <gabinete.ministro@mai.gov.pt>, gabinete.msss <gabinete.msss@msss.gov.pt>, gabinete.pm <gabinete.pm@pm.gov.pt>, Gabinte denuncias <gabinete.seapi@maap.gov.pt>, GERAL sg <DGAS@seg-social.pt>, Geral S.G <ISS-IP@seg-social.pt>, globato <globato@lusa.pt>, Gnr Abrantes <ct.str.dabt@gnr.pt>, Gnr Abrantes1 <ct.str.dabt.pabt@gnr.pt>, Gnr Abrantes2 <ct.str.tstr.tabt@gnr.pt>, Gnr Geral <gnr@gnr.pt>, Gnr Tramagal <ct.str.dabt.ptmg@gnr.pt>, gp_pcp <gp_pcp@pcp.parlamento.pt>, gp_pp <gp_pp@pp.parlamento.pt>, gp_ps <gp_ps@ps.parlamento.pt>, gp_psd <gp_psd@psd.parlamento.pt>, Integridade <integridade@transparencia.pt>, Jorje vala <jorge.vala@ics.ul.pt>, jsdias <jsdias@lusa.pt>, lmartins <lmartins@lusa.pt>, lusa <agencialusa@lusa.pt>, lusofonia <lusofonia@lusa.pt>, M Ad. interna1 <gab.sec.geral@sg.mai.gov.pt>, M Ad. interna2 <dirp@sg.mai.gov.pt>, M. Adm. interna <sec.geral.mai@sg.mai.gov.pt>, mail <mail@tugaleaks.com>, marisaserafim <marisaserafim@lusa.pt>, mbarros <mbarros@lusa.pt>, mcosta <mcosta@lusa.pt>, ministerio justiça <secretariado@sg.mj.pt>, ministerio justiça1 <correio@sg.mj.pt>, ministerio social <secretaria.geral@sg.mtss.pt>, ministero desevolvent <secretaria.geral@sg.min-economia.pt>, ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>, Ministro Adjunto <gabinete.ministro@maap.gov.pt>, M. justiça <espaco.justica@sg.mj.pt>, M.nedgocios estrangeiro <gabinete.ministro@mne.gov.pt>, M, negocios estrangeiros 1 <correio@dgaccp.pt>, MP Coimbra <secretariadomp.coimbra.tr@tribunais.org.pt>, nrodrigues <nrodrigues@lusa.pt>, Onu PT <portugal@un.int>, ordem advo <cdlisboa@cdl.oa.pt>, Ordem de advogados <cons.geral@cg.oa.pt>, ordem sepr <cons.superior@cg.oa.pt>, pais <pais@lusa.pt>, Parlamento <cic.rp@ar.parlamento.pt>, pev.correio <PEV.correio@pev.parlamento.pt>, politica <politica@lusa.pt>, porta cidadão <info.portaldocidadao@ama.pt>, Presidente <belem@presidencia.pt>, Procurador dciap <correio.dciap@pgr.pt>, procurador geral <mailpgr@pgr.pt>, provedor <provedor@provedor-jus.pt>, PROVEDOR ADJUNTO <provedor.adjunto@provedor-jus.pt>, Redação lusa <redaccao@lusa.pt>, SG pesidenciacia Mgeral <sec-geral@sg.pcm.gov.pt>, Tranparencia <secretariado@transparencia.pt>, Transparencia provedoria <provedoria@transparencia.pt>, Transparencia integridade <luis.sousa@ics.ul.pt>
  7 Anexos[Guardar Tudo]


publicado por CORRUPTOS às 19:01
link do post | comentar | favorito


mais sobre mim
posts recentes

INFORMAÇÕES SOBRE O PEDID...

QUEIXA : ROUBADO POR VIOL...

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


arquivos

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

tags

todas as tags

favoritos

ARGUIÇÃO DE MANDATOS DE B...

REUNIÃO DA CÂMARA DE 22/3...

JUSTIFICAÇÃO POR FALTA DE...

INJUSTIÇA EM PORTUGAL !

ESTOU A SUA ESPERA! ESTÁ...

pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds